Geral

Homem morre após mulher injetar dose de silicone em seu pênis

Postado em 13/09/2012 14:29 h | Fonte: R7

Uma norte-americana matou um homem após injetar uma dose de silicone em seu pênis. O objetivo inicial era fazer o órgão sexual crescer, mas o efeito foi letal e levou o jovem à morte.

Em Nova Jersey, nos Estados Unidos, Kasia Rivera, de 35 anos, é acusada de injetar silicone no membro de Justin Street, de 22 anos, sem qualquer tipo de licença ou treinamento médico.

Segundo o tabloide britânico The Sun, Street teria ido à casa de Kasia para fazer a “operação”. Kasia teria anunciado o serviço em pôsters divulgados em diferentes locais da cidade.

Street morreu no dia seguinte à operação. Segundo os médicos, o americano sofreu de embolia causada pelo silicone, que obstruiu os vasos de seu pênis.

Kasia está sendo julgada por homicídio e pode pegar até dez anos de prisão caso seja condenada. Em seu depoimento, a mulher nega que seja responsável pela morte de Street.

Investigadores do caso acreditam que outros homens tenham recorrido a Kasia para a aplicação de silicone em seus órgãos genitais. Apesar de não terem outros nomes, as autoridades estão buscando outros clientes de Kasia.

O silicone líquido é vendido no mercado negro e geralmente é comprado por mulheres que querem injetá-lo nos seios e nádegas, apesar de não ser aprovado para injeções cosméticas.

Homem morre após mulher injetar dose de silicone em seu pênis

comentários

Deixe seu comentário

Os comentários são moderados, sua mensagem será avaliada e aparecerá ou não aqui num prazo médio de 24 horas.

Desenvolvido por:
w7br