Nutrição Esportiva

12 dicas para você detonar na musculação

Postado em 25/06/2013 16:47 h | Fonte: Paranho Fitness Suplementos

Quando começa a treinar, você não pensa em outra coisa a não ser nos resultados, que precisam aparecer rapidamente e fazer seu esforço valer a pena. E, no caso da musculação, alguns truques fazem mesmo a diferença (e explicam porque seu amigo, que começou a fazer exercícios na mesma época que você, já está com o corpo bem mais definido). "Não basta só pegar pesado na carga, é preciso prestar atenção em outros detalhes para tirar proveito máximo da musculação". Quer saber quais são eles? Então aproveite as dicas do personal.


Diminua as séries e aumente as cargas

Geralmente, os professores indicam três séries, de doze ou quinze repetições e mesma carga, para cada exercício. Mantenha as três séries, mas varie a carga e o número de repetições. Comece com doze movimentos no peso que você encerrou o último treino e aumente o peso na segunda série, fazendo dez movimentos. Para terminar, aumente o peso novamente e faça oito repetições.


Combine exercícios

Em vez de fazer um exercício de cada vez, combine dois deles para o mesmo músculo, intercalando as séries de um e de outro. Isso agiliza o ganho de massa, porque exige um pouco mais do músculo, potencializando o treinamento em geral.


Volte a carga bem devagar

Na hora de erguer o peso, faça o movimento com máxima intensidade. Chegue ao limite e volte devagar. No retorno à posição de repouso, as fibras musculares sofrem microlesões, fazendo com que a recuperação leve ao aumento de músculos.


Esgote os músculos

Após suas três repetições habituais, diminua o peso no aparelho (pode colocar uma carga de nível leve) e repita o movimento bem rapidamente, várias vezes. Pare apenas quando sentir queimar. Assim, seu músculo trabalha no limite e é obrigado a se fortalecer com urgência. Só não exagere, prevenindo-se de lesões que impediriam o treino.


Comece trabalhando músculos grandes

Isso exige maior esforço e os músculos pequenos atuam como auxiliares. Por exemplo: treine peito antes de treinar bíceps. Treine quadríceps antes de estimular os glúteos.


Combine aparelhos e peso livre

O exercício com peso livre, geralmente, é mais difícil de ser executado, enquanto o exercício com aparelho isola melhor o músculo.


Aumente a carga todos os treinos

Em vez de ficar por um mês trabalhando com a mesma carga, troque o peso a cada treino, de acordo com sua capacidade. Isso estimula seus músculos a se desenvolverem.


Espere um minuto entre as séries

O ideal é descansar um minuto, repetindo a série com mais potencia. O intervalo é necessário para garantir a intensidade do treino.


Respire na hora certa

Quando estiver na fase de contração muscular, inspire. E, na volta do movimento, expire. O trabalho dá mais energia para o treino e, pela contração do abdômen, protege sua coluna.


Durma bem

O sono recupera o corpo para o treino do dia seguinte e libera hormônios que ajudam a aumentar a massa muscular.


Descanse o corpo

Você precisa de, pelo menos, um dia de descanso entre um treino e outro. Esse tempo é necessário para o seu corpo se recuperar das microlesões ocorridas na musculação. Se quiser treinar durante todos os dias da semana, peça ao professor que divida seu treino em dois (um dia para braços, peito e costas e outro para pernas e glúteos, por exemplo).


Faça uma boa suplementação

Para se ter um resultado satisfatório em sua malhação é necessário se ter uma boa suplementação para reconstrução e desenvolvimento dos músculos.

Depois do treino:
Logo após malhar faça um shake com Whey Protein Isolado e carboidratos simples de rápida absorção. Boas alternativas de carboidratos são as frutas, o mel e a dextrose. Os carboidratos simples vão ajudar seu corpo a absorver o máximo de proteínas e melhorar ainda mais seus resultados. Assim você terá a melhor nutrição pós-treino possível e estará transformando cada gota de suor em resultados.

Antes de dormir:
Antes de dormir o mais indicado é suplementar com albumina, uma proteína de lenta absorção e que além de seu baixo custo comparado a outros suplementos protéicos é o mais indicado como proteína “time release” durante esse período que se fica sem se alimentar.

Ao acordar:
Lembre que você ficou um bom tempo sem comer, seu corpo necessita além de carboidratos, de proteína também para poder evitar o catabolismo, pode-se colocar ai dependendo da disponibilidade de uma proteína Whey Protein ou albumina no seu shake e sua fonte preferida de carboidratos, o que para muitos é o pão. Carboidratos de baixo índice glicêmico são indicados nesse momento, portanto dê uma atenção maior às fibras e dê preferência ao pão integral.


Agora se você quer uma suplementação mais completa e deseja investir em um corpo sarado e saudável existem vários outros suplementos que podem acelerar o processo de desenvolvimento dos músculos te dando uma resposta mais rápida aos seus treinos e com maior qualidade e em Ariquemes você pode encontrar na PARANHO FITNESS SUPLEMENTOS localizado na Rua Fortaleza, 2120, Setor 03 ou pelos telefones (69)3536-1357/9307-3409 falar com Alis.

12 dicas para você detonar na musculação

comentários

Deixe seu comentário

Os comentários são moderados, sua mensagem será avaliada e aparecerá ou não aqui num prazo médio de 24 horas.

Desenvolvido por:
w7br